Quando as chuvas deixam as trilhas ‘encharcadas’ e transformam o caminho em lama, sua bike ganha instantaneamente uns quilos extras de um revestimento pegajoso, o barro.
Limpar sua bicicleta pode parecer uma tarefa árdua, por isso o segredo é manter sua bike sempre limpa, o que pode fazer uma diferença enorme – e não estamos falando de apenas jogar um jato de água com a lavadora de um posto de combustível, que pode acabar estourando seus rolamentos! Limpar sua bike corretamente não só fará com que você se sinta como uma bicicleta máquina na sua próxima pedalada, mas também irá prolongar a vida útil de seus componentes.
Veja como manter as coisas funcionando em sua bike mesmo após um dia de lama.
1. Use um limpador adequado
Limpadores tipo spray para bicicleta são condenados por alguns, como o uso de óleo de cobra, mas na realidade existem alguns produtos, como detergentes biodegradáveis, fazem uma grande diferença. Use o spray adequado, deixe por alguns minutos, em seguida, lave. O resíduo estranho vai sair facilmente apenas com uso de uma mangueira.
Fique atento, pois geralmente os líquidos químicos de limpeza podem ser materiais poderosos. Certifique-se de lavá-los bem para retirar todo produto após a aplicação, especialmente se sua bike tem qualquer superfície anodizada, em que o limpadores podem tirar sua cor ao longo do tempo. Além disso, embora possa ser tentador de revestir sua bike com espuma, o melhor caminho é usar com moderação os produtos, aplicando somente nas areas sujas.
Também é importante secar a bicicleta após a lavagem. Isso garante uma superfície completamente limpa e evita que o excesso de umidade no quadro que possa gotejar sobre os componentes, propensos à ferrugem.
2. Limpe a transmissão
O sistema de transmissão é o maior “problema” do mountain bike. Quando em perfeito funcionamento, a transmissão é a responsável para você seguir adiante, por isso cuide bem do conjunto formado por corrente, câmbios, pedivela, movimento central e trocadores.
Mais uma vez, os produtos de limpeza são uma ótima maneira de tira a lama grudada nos componentes, é importante certificar-se de limpar bem a corrente.
Pode parecer óbvio, mas uma escova de dentes antiga funciona melhor para limpar a corrente do que seus próprios dentes. Faça o seguinte processo: limpar, lavar e secar a corrente antes de aplicar o seu lubrificante escolhido. Depois de alguns minutos para a corrente absorver o lubrificante, retire o excess. Esse é um erro comum de aplicar lubrificante na corrente e apenas deixá-lo, mas isso só faz atrair ainda mais sujeira.
3. Demonstre algum amor para sua suspensão
Mesmo se você não é o mais confiante para mexer na sua suspensão, não é difícil dar a chance do seu garfo funcionar sem problemas. Investa em óleo de suspensão recomendado pelo fabricante. Uma vez que o amortecedor está limpo e secos, aplique uma quantidade generosa de óleo em torno das canelas e gancheiras dos eixos, faça o movimento de amortecer algumas vezes e retire o excesso. A constante sujeira, lavagem e secagem pode secar os selos (anéis) das canelas do garfo, fazendo com que eles se degradam ao longo do tempo, então isso ajuda a manter as coisas funcionando sem problemas.
4. Verifique as pressões dos pneus
Após pedalar sob condições extremas de lama e chuva, pode ser tentador deixar sua bike de lado depois da pedalada. Mas o segredo é sempre manté-la limpa, lembre-se! Um detalhe importante é que ao longo do tempo, as pressões de seus pneus podem baixar e até mesmo a perda de alguns psi na calibragem podem ser o suficiente para fazer sua bike parecer lenta.
Medidores para aferir a calibragem dos pneus são relativamente baratos e significam que você pode verificar com precisão as pressões dos pneus em segundos. Garantir que eles são com a calibragem adequada é uma maneira fácil de manter a sua bike com a sensação de nova.
5. Verifique os parafusos e rolamentos
De vez em quando é importante fazer a verificação do aperto dos parafusos , isso ajuda a evitar uma surpresa desagradável quando você bem longe de casa com sua bicicleta. Investir em uma chave de torque e pesquisar as configurações de torque de cada ponto da sua bike, podem parecer um procedimento demorado, mas fazer isso de tempos e tempos, dependendo de quanto você roda por semana, é a garantia de um pedal sem surpresas.
Da mesma forma de precisar apertar todos os parafusos da bike, cuidar dos rolamentos é algo que vale a pena fazer. Nem à pilotagem ou à limpeza são particularmente amáveis com a maiores das peças giratórias em sua bike, por isso é essencial mantê-las funcionando sem problemas. Manter os rolamentos limpos e lubrificados podem fazer uma enorme diferença.